Enviar por email Imprimir

Presença na Mídia

Boutiques lideram ranking tributário da Chambers

17 Março 2013

A expansão das empresas nacionais e a entrada de investimentos estrangeiros alavancou os escritórios brasileiros em 2012, segundo a publicação inglesa Chambers Latin America 2013. De acordo com a avaliação da revista, escritórios especializados foram particularmente beneficiados. Prova disso é o ranking de bancas mais lembradas pelos clientes. Na área tributária, duas boutiques lideram: a Advocacia Krakowiak e o Dias de Souza Advogados, liderados, respectivamente, pelos tarimbados Leo Krakowiak e Hamilton Dias de Souza. A lista dos mais citados inclui ainda, no 5º lugar, o Mariz de Oliveira e Siqueira Campos Advogados, dos especialistas Ricardo Mariz de Oliveira e Roberto de Siqueira Campos.

Há cinco anos, a editora inglesa Chambers & Partners pesquisa o mercado de escritórios de advocacia na América Latina. Por meio de entrevistas com advogados e clientes e também com a análise de grandes negócios conduzidos pelas bancas, elenca as mais citadas e conceituadas nos 20 países. O guia é dividido em 33 áreas dentro do Direito Empresarial.

A área tributária teve especial importância para os escritórios em 2012, ao registrar crescimento principalmente em grandes bancas. Levantamento feito pela ConJur mostrou que o setor foi o que mais cresceu ou um dos mais lucrativos em pelo menos quatro grandes bancas: Trench, Rossi e Watanabe; Machado, Meyer, Sendacz e Opice; Barbosa, Müssnich & Aragão; e Bichara, Barata e Costa Advogados.

Em seu ranking, a Chambers lista, entre os escritórios full service mais recomendados no segmento, o Lefosse Advogados; o Machado, Meyer; o Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga; o Pinheiro Neto; o Ulhôa Canto, Rezende e Guerra; o Xavier Bragança; Lacaz Martins, Pereira Neto, Gurevich & Schoueri; o Machado Associados; o Sacha Calmon e Misabel Derzi Consultores; o Souza, Cescon, Barrieu & Flesh; o Trench, Rossi e Watanabe; o Veirano; o Barbosa, Mussnich & Aragão; o Bichara, Barata & Costa; o Campos Mello; o Demarest Almeida; o Koury Lopes; o Levy & Salomão; o Rolim, Viotti & Leite Campos; o Siqueira Castro; o TozziniFreire e o Vieira, Rezende, Barbosa e Guerreiro. Outros 16 nomes completam a lista.

Entre os advogados mais admirados individualmente, a edição de 2013 inclui pelo menos quatro colunistas da ConJur: Gustavo Brigagão, do Ulhôa Canto; Heleno Taveira Torres, do Heleno Torres Advogados; Igor Mauler Santiago, do Sacha Calmon; e Roberto Duque Estrada, do Xavier Bragança, responsáveis pela coluna semanal Consultor Tributário.

A lista de estrelas da Chambers inclui nomes como Sacha Calmon Navarro Coelho; Alberto Xavier; Misabel Derzi; Roberto Quiroga Mosquera; Luís Eduardo Schoueri; Ana Cláudia Utumi; Luiz Gustavo Bichara; Pedro Lunardelli; José Roberto Pisani; Pedro Luciano Marrey Jr.; Paulo Sehn.; Julio de Oliveira; e Daniela Zagari Gonçalves.

Como consultores, a Chambers menciona os célebres Roque Carraza; Paulo de Barros Carvalho; Ives Gandra da Silva Martins; Marco Aurélio Greco; Alcides Jorge Costa; Hugo de Brito Machado; Hamilton Dias de Souza; José Souto Maior Borges; Humberto Ávila; Eurico de Santi; e Ricardo Lobo Torres.

Fonte: Consultor Jurídico